Consulta IMEI Brasil

Através de uma Consulta IMEI podemos aceder ao Sistema de Verificação de Dispositivos que nos permite, em tempo real, aceder à base mundial destes códigos presentes nos telemóveis.

Ao consultar um IMEI nós usuários, operadores de redes telefônicas e órgãos governamentais podemos identificar dispositivos suspeitos, minimizar perdas e combater o crime.

Atualmente, as agências de controle do governo e outras agências estatais usam essa ferramenta para identificar o status dos equipamentos móveis encontrados nas operações diárias, a fim de devolver dispositivos «na lista negra» a seus proprietários ou operadores de telefonia.

Esta é uma conseqüência do roubo de telefones celulares, um crime com alto crescimento na América Latina nos últimos anos, devido ao aumento da última geração de smartphones.

consulta imei

Os setores público e privado promovem a consulta do IMEI aos usuários, em uma espécie de trabalho conjunto e colaborativo para evitar a ativação de dispositivos roubados.

Dessa forma, o objetivo é conter o mercado ilícito no Brasil e o crime ligado a esse fenômeno. É a resposta da indústria para contribuir para a luta permanente contra o roubo de telefones celulares.

Desde 2012, um total de treze grupos de operadoras móveis na América Latina se comprometeram a bloquear o uso de dispositivos roubados, como parte do apoio a iniciativas regionais e do combate ao roubo de celulares.

Por esta razão, os maiores representantes das políticas públicas pertencentes às empresas de telefonia móvel que oferecem seus serviços na região, concordaram sobre a forma e a metodologia a seguir para trocar informações através da Base GSMA.

 

Consulte um IMEI

Vamos fazer o exercício. Estamos prestes a comprar um celular usado, a um bom preço e com o modelo que queremos. Temos certeza se é roubado ou não?

Uma maneira que temos de descobrir é consultar um telefone IMEI. Recordemos que o IMEI torna-se o código mãe do equipamento, como se fosse o chassis do nosso veículo.

consultar imei

Devemos assumir que este serial ou código não pode ser alterado. Além disso, quando o seu telefone for roubado, você pode pedir que o IMEI seja bloqueado, portanto, se o IMEI estiver neste estado, as operadoras não permitirão que ele funcione na sua rede.

Os crimes relacionados ao roubo de dispositivos celulares estão crescendo a uma taxa muito alta na América Latina. Vejamos as seguintes estatísticas:

  • Na Colômbia, estima-se que 1 milhão de telefones são roubados anualmente a uma média de 2.700 por dia, mas apenas 18.000 relatórios foram feitos.
  • Para a Argentina, a média diária de roubo de telefone é de 6.500, sendo que 35% das vítimas são menores ou adolescentes.
  • Enquanto no Equador o número de telefones celulares roubados diariamente está se aproximando de 1400.
  • Por outro lado, no Brasil esse número é de cerca de 2500 celulares roubados.

Naturalmente, esses eventos têm grande impacto na mídia devido a crimes e assassinatos relacionados ao roubo de telefones celulares, de modo que por vários anos houve uma maior preocupação por parte das autoridades nacionais do Brasil.

 

Consultar IMEI

Desde a assinatura do acordo em 2012 mencionado acima, a base GSMA tem um registro de 44 países que compartilham informações sobre telefones celulares roubados diariamente.

Um total de 140 operadoras de todo o mundo estão atualmente conectadas a este banco de dados, enquanto em nível regional, a América Latina registra 18 países conectados com a representação de 50 operadoras compartilhando informações.

O banco de dados de telefones celulares roubados e denunciados é o mecanismo mais forte disponível no mundo como parte dos esforços globais para combater o roubo de equipamentos móveis que ceifaram vidas.

Por esta razão, é fundamental consultar a IMEI para evitar a reativação dos celulares, bem como para compartilhar informações entre operadoras de um mesmo país com a possibilidade de fazê-lo com outros países vizinhos. Isto garante que os telemóveis roubados num país não podem ser utilizados noutro.

Para atacar o roubo de celulares de forma integral e eficaz, precisamos coordenar ações de acordo com nossa posição:

  • Usuários
  • Operadores
  • Reguladores
  • Fabricantes

Sem trabalho conjunto será muito difícil articular acções eficazes contra este flagelo.

 

Consulta IMEI celular

É importante saber que atualmente 30% dos crimes de furto e roubo em São Paulo, Brasil, são dirigidos ao celular.

De acordo com a Resolução SSP-3 de 06-02-2015, a Polícia Civil do Brasil registra nos boletins de ocorrência o IMEI de telefones celulares perdidos, roubados ou roubados.

Em fevereiro de 2016, a Polícia Militar começou a realizar consultas do IMEI em telefones celulares para acelerar e garantir a efetividade de suas ações de fiscalização.

Como resultado, em outubro de 2016, houve um aumento de 209% nos aparelhos recuperados e recondicionados.

Como resultado, em outubro de 2016, houve um aumento de 209% nos aparelhos recuperados em relação a 2015.

Outra medida adotada pelos órgãos de segurança foi o estabelecimento de uma rotina diária de embarque com uma lista IMEI para operadores que realizam o bloqueio em até 72 horas.

É por isso que agora todos nós podemos trabalhar juntos para combater o comércio ilegal de dispositivos móveis:

  • Quando registramos um boletim de ocorrência de roubo de celular, informamos o IMEI do dispositivo.
  • Desconfiamos de preços muito baixos na compra de eletrodomésticos usados.
  • Antes de comprar um telefone usado, vamos verificar sua origem.

 

Consulta IMEI bloqueado

Quando compramos um telefone celular, devemos fazer a consulta IMEI bloqueado para saber se este código único que vem no hardware tem restrições.

consulta imei bloqueado

Toda vez que um celular é roubado e o usuário entra em contato com a operadora, dando-lhe o número IMEI do dispositivo, ele é bloqueado imediatamente e o código vai para uma lista negra ou «Lista Negra» que armazena dados de dispositivos roubados.

Em outras palavras, um celular com IMEI bloqueado funciona simplesmente como um despertador, então quando você compra um celular usado é melhor consultar IMEI.

Então, ao fazer a consulta IMEI do nosso smartphone para verificar se ele está bloqueado ou não, devemos levar em conta o seguinte:

  1. Anote o número em qualquer lugar.
  2. Verifique se IMEI está na lista negra
  3. Para ver se o IMEI tem alguma restrição na lista negra, podemos verificar no seguinte link: https://www.consultaaparelhoimpedido.com.br
  4. Neste site só inserimos o IMEI e entramos com os caracteres de verificação
  5. Depois clique em Consultar
  6. Verificámos o resultado. O dispositivo pode ter restrição de uso deve ou o IMEI pode não ser registrado no banco de dados, para que ele possa ser usado. Se a unidade estiver na lista negra por roubo ou outro motivo, ela aparecerá como bloqueada e não poderá ser usada.

Você deve sempre pedir a fatura de compra ao vendedor do equipamento, assim como esclarecer os termos da negociação.

É bom que verifiquemos se o IMEI que aparece na tela é o mesmo que tem o equipamento em sua etiqueta de identificação. Geralmente nós o achamos como em um selo preso no compartimento de bateria ou no porto onde nós colocamos o cartão SIM.

 

Consulta IMEI Anatel

O IMEI é um código de identificação móvel para que cada dispositivo tenha um número diferente, mesmo que tenham o mesmo modelo.

Por exemplo, ao consultar um IMEI do iPhone 6S notamos que ele é diferente do de um Galaxy S6, um Z5 Xperia e até de outro iPhone 6S.

consulta imei anatel

Só quando temos esse número nas nossas mãos, é possível descobrir a situação de um telemóvel sem muitas formalidades. A função é muito útil na compra de um telemóvel usado ou para verificar se o equipamento que perdemos foi bloqueado pelo nosso operador.

Também podemos consultar IMEI e verificar se o dispositivo que estamos comprando tem restrições no site da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Quando consultamos IMEI Anatel, este site nos oferece ferramentas para verificar a regularidade do nosso celular, incluindo também verificar se um smartphone foi roubado.

Atenção! Se nós temos dispositivos com dois chips é bom saber que eles vêm com dois códigos IMEI por padrão, então é importante ter ambos anotado e verificado.

Além disso, no site da Anatel saberemos se o IMEI de um aparelho está bloqueado por roubo, perda ou extravio, para que em qualquer caso o celular não funcione no Brasil ou em vários países.

No entanto, devemos levar em conta que o resultado positivo para bloqueio ou desbloqueio pode levar até 72 horas para aparecer no site, a partir do momento em que fazemos a solicitação ao operador.

A Anatel começou a bloquear telefones celulares ilegais no Brasil através da consulta do IMEI para verificar a situação do celular. Se tivermos dúvidas com um telefone importado ou usado, corremos algum risco, então é melhor verificar o status do dispositivo.

Verificar IMEI bloqueado

Caso você compre um celular de segunda mão e verifique IMEI bloqueado, vamos para www.consultaaparelhoimpedido.com.br e siga os passos abaixo:

  • Uma vez no site clicamos em «Ver IMEI» localizado no canto inferior direito da página.
  • Digite os primeiros 14 dígitos do IMEI que você deseja verificar, digite o captcha e clique em «Consultar».
  • Veremos o resultado mais tarde. Podemos ver a mensagem «Nada registado na base» para que saibamos que o IMEI do telemóvel não está bloqueado.
  • Com estes simples passos podemos verificar se o IMEI do nosso dispositivo está bloqueado ou não e evitar problemas no futuro.

comprobar imei bloqueado

Também podemos consultar IMEI de outras formas. Vamos contar-lhe tudo sobre isso aqui:

  • Descubra o IMEI do nosso telemóvel: Isto fazemos olhando para a etiqueta na caixa do telefone, verificando o adesivo por trás da bateria (quando é removível) ou discando * # 06 # no nosso telemóvel.
  • Uma vez que tivermos o código IMEI nós o anotamos e vamos para a página da Anatel. Lá consultamos informações sobre IMEI e clicamos em «Ver o estado do seu dispositivo móvel aqui».
  • Também na página Consulta Legal Celular podemos observar que há um indicador da atualização mais recente no canto superior direito do site. O período de bloqueio geralmente muda entre 12 e 24 horas após entrarmos em contato com o operador.
  • No campo IMEI colocamos a numeração única do nosso aparelho. No campo seguinte apresentamos os caracteres da imagem de confirmação e finalmente clicamos em Consultar.
  • Então vemos os resultados abaixo, onde o site nos informará se o IMEI tem alguma restrição de uso.

 

Verificar IMEI

Um aspecto importante a ter em mente ao verificar o IMEI na Anatel é que o serviço deles só nos diz se o código está liberado ou não. No entanto, com a prática crescente de clonagem de código, é possível que um telefone celular roubado use o número copiado de outro telefone.

Nesses casos, o site www.IMEI24.com é usado para verificar o número mostrado pelo modelo original e se ele está registrado.

Soubemos recentemente que a Anatel vai bloquear celulares piratas em dez estados brasileiros:

  • Acre
  • Espírito Santo
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Paraná
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Sul
  • Rondônia
  • Tocantins
  • Santa Catarina

Com esta medida, a Anatel impedirá as ligações e o acesso à Internet móvel em qualquer operadora do país, embora os smartphones importados não sejam bloqueados.

A Anatel disse há algum tempo que não vai bloquear as importações de smartphones como Xiaomi, OnePlus, Huawei ou outros fabricantes porque não são piratas. Afinal, este equipamento foi aprovado noutro país e está registado numa base de dados global (IMEI DB).

O bloqueio de equipamentos começou em maio de 2018 no Distrito Federal e em Goiás, afetando mais de 140 mil celulares piratas, e em breve cobrirá todo o país.

A Anatel também exige que dispositivos irregulares sejam notificados via SMS a partir de 7 de janeiro de 2019 em toda a região Nordeste, Amapá, Amazonas, Minas Gerais, Pará, Roraima e São Paulo. O bloqueio terá início em 24 de março de 2019. 

 

Puedes Consulte o IMEI no Brasil en el siguiente enlace:

Consulta IMEI Brasil

 

5.0
02